× iCasei

Baixe o App do nosso casamento e busque: mateusenatalia

Baixar

Sobre os noivos

Moramos tão perto um do outro e resolvemos nos conhecer a quase 300km de distância, em Dores do Indaiá. Cidade que já foi palco de tantos festejos, onde já recebemos tantos amigos para curtir a Expodores. Quis Deus que fosse assim. Éramos novinhos demais, vide prova: 

 

Prova de que o noivo já foi capa de costela


De lá pra cá, a Expodores esteve sempre presente no nosso caminho. Em 2012, levamos essa galera top pra curtir com a gente: 

 

 

Começamos a namorar em fevereiro de 2009. Os dois novinhos, o noivo fazendo Ciência da Computação, a noiva Medicina. Começamos a gostar imensamente de dividir cada momento juntos. Cada festa, churrasco, aniversário: tudo era melhor com a presença do outro. Nossos amigos sabem que jamais abrimos mão da presença dos mesmos nesses encontros. O noivo passou de um não bebedor de cerveja, para especialista em testes-cegos:

 

 

 

Sem saber se dizer ao certo quando ou como, chegamos nesse ponto: 

 

 

Nos separamos por 4 longos meses, onde o noivo resolveu ganhar experiência internacional através de um intercâmbio aos EUA. Foram meses difíceis, colhemos ótimos frutos. Amadurecemos como um casal, e ganhamos novos grandes amigos... 

 

Mas nem tudo era farra. O noivo resolveu se aventurar na Engenharia Civil, e recebeu o apoio da noiva, nessa nova jornada que duraria mais 5 anos. Conhecemos novas pessoas maravilhosas, que estão conosco até hoje:

 

 

Também viajamos! Aproveitamos os momentos de férias e conhecemos um pouquinho desse Brasil e do mundo.

 


 

Levamos a galera da Faseh pra Fortaleza, em uma das melhores viagens da história. Fomos pra Argentina tomar uns belos capotes na neve... 

 

 

 

E também fomos conhecer o castelo do Harry em Orlando:

 

 

Passamos juntos duas Copas do Mundo sensacionais. A copa da África do Sul, curtimos vendo os jogos pela TV, fazendo churrascos: 

 

 

E a copa de 2014, que foi um dos melhores momentos nessa jordada. Acordar 4h da manhã pra comprar ingressos caros e improváveis, sem dúvida valeu a pena. Ainda mais com essa galera: 

 

Passamos juntos tantos carnavais...

 

 

Dava pra escrever um livro aqui só citando todos os momentos bons, todas as pessoas que estiveram conosco...

 

Mas não foi somente de festas e churrascos que passamos todos esses anos. 

Por muitas vezes foi uma longa e difícil jornada. Mas estou muito feliz que foi longa e difícil, porque se não tivéssemos que passar por céu e inferno para chegarmos aqui, as lições poderiam não ter sido tão claras. 

"You see kids", desde o momento em que eu conheci a Natália, eu soube que deveria amar aquela mulher imensamente, o quanto eu pudesse, por quanto tempo eu pudesse... e que eu não poderia deixar de amá-la nunca, nem mesmo por um segundo. E eu levei essa lição comigo por cada briga estúpida, cada madrugada de Natal, cada tarde de domingo sonolenta, por cada dificuldade, cada pontada de ciúme, tédio ou incerteza que enfrentamos... eu levei essa lição comigo. 

E mesmo naquele que só podemos chamar de o pior momento de todos, estivemos juntos. Fui aceito nessa familia maravilhosa, que passou por tudo que se possa passar nesses últimos 10 anos. 

 

Assim como a Natália foi aceita e recebida como filha em nossa família...

 

 

E chegamos aqui. Chegamos no nosso grande dia. Obrigado a todos os familiares e amigos, todas as pessoas que nos ajudaram a chegar até aqui. É por vocês e para vocês que fazemos essa festa. Obrigado por tudo!